Arquivo de julho de 2010

Time Brasil terá 80 atletas nos Jogos Olímpicos da Juventude!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Já estão definidos os atletas que representarão o Brasil na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Cingapura. Oitenta atletas com idade entre 14 e 18 anos integrarão a delegação brasileira, organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). O Time Brasil estará presente em 21 modalidades, de um total de 26. A competição no sudoeste asiático será realizada entre 14 e 26 de agosto e contará com cerca de 3.600 jovens talentos de todo o mundo. A delegação brasileira se reúne no dia 30 de julho para um seminário em São Paulo e no dia 2 de agosto embarca para Dubai, nos Emirados Árabes, para um período de aclimatação antes do evento.

Em Cingapura as promessas do esporte nacional iniciarão uma jornada rumo ao sonho de todos os atletas de elite: os Jogos Olímpicos. E desta vez, com um componente a mais, já que em 2016 o maior evento esportivo mundial será realizado no Rio de Janeiro. “Os Jogos Olímpicos da Juventude vieram em um momento muito especial para o esporte brasileiro. Temos a oportunidade de dar experiência internacional para estes jovens atletas, que, devido a sua idade, tem chances de disputar os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Será um importante teste para esses atletas e uma oportunidade de avaliarmos o potencial deles. Será uma experiência inesquecível para estes jovens”, comentou Adriana Behar, primeira mulher a chefiar uma Missão Brasileira organizada pelo COB em competições internacionais.

A presença feminina será uma das marcas do Time Brasil. A Chefe de Missão, Adriana Behar, medalhista olímpica em Sydney 2000 e Atenas 2004, terá a companhia de Patrícia Freitas, atleta olímpica da vela, representante do Brasil no Programa de Jovens Embaixadores. Patrícia, de apenas 20 anos, ajudará a promover os Jogos, dará suporte aos atletas brasileiros antes e durante a competição, assim como incentivar a participação de todos no Programa de Cultura e Educação dos Jogos Olímpicos da Juventude. Além disso, Patrícia será auxiliar da Chefe da Missão Brasileira no evento, a ex-jogadora de vôlei de praia Adriana Behar.

Atividades Culturais

Além das disputas esportivas, os Jogos da Juventude terão intensa programação cultural e educativa. O objetivo é introduzir de forma lúdica os jovens atletas no Olimpismo e os valores olímpicos, além de sensibilizar para questões importantes, tais como os benefícios de um estilo de vida saudável e a luta contra o doping. Durante o seminário em São Paulo, de 30 de julho a 1º de agosto, o Time Brasil terá contato com todas as informações referentes ao evento. A programação do seminário inclui ainda avaliações científicas, palestra sobre o Movimento Olímpico e Doping, além de um encontro com diversos atletas olímpicos. “A competição é uma iniciativa fantástica do Comitê Olímpico Internacional. Aproximar os Jogos Olímpicos de uma geração mais jovem e proporcionar esse intercâmbio com atletas de outros países é uma experiência que faz a diferença em sua formação esportiva. Como atleta, não tive a oportunidade de participar de uma competição multi-disciplinar com essa idade. Será um desafio prazeroso lidar com jovens talentos e ver o potencial deles para o esporte. Vamos dar todo suporte para que eles possam alcançar os melhores resultados esportivos e criar uma interação cultural com os outros participantes. A programação educativa e cultural será importante para a formação da pessoa e fazê-los entender o conceito do Olimpismo como um todo”, contou Adriana.

Os Jogos Olímpicos da Juventude são divididos em três faixas etárias de acordo com a modalidade. Serão 27 provas para atletas entre 15 e 16 anos, 111 provas para atletas de 16 a 17 anos, faixa que se aplica à canoagem, e 63 provas para atletas entre 17 e 18 anos. As novidades também estarão nos esportes, como no basquete 3 x 3, no revezamento do ciclismo, e nas equipes mistas de homens e mulheres e países diferentes.

Confira a seguir os atletas que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010:

ATLETISMO (15 atletas)

MASCULINO
Antonio César Rodrigues – SP, 200 m – 12/01/1993
Caio Cézar Fernandes dos Santos – SP, salto em distância – 24/03/1993
Felipe Mathias Weber Hickmann – RS, salto em altura – 10/02/1993
Ioran Fernandes Etchechury – RS, 2.000m com obstáculos – 24/01/1993
Jean Roberto Franchini da Silva – SP, 110 m com barreiras – 25/05/1993
Joseilton Costa Cunha – MT, 1.000 m com obstáculo – 01/03/1993
Leandro Pitarelli de Araújo – SP, 400m – 22/02/1993
Paulo Sérgio dos Santos Oliveira – SP, salto triplo – 01/06/1993
Thiago Braz da Silva – SP, salto com vara – 16/12/1993

FEMININO
Andressa Moreira Fidelis – SP, salto em distância – 20/01/1994
Jéssica Carolina Alves dos Reis – SP, 100 m – 17/03/1993
July Ferreira da Silva – RN, 2.000 m com obstáculos – 27/10/1994
Natania Habitzreiter – RS, 400 m com barreiras – 17/09/1993
Saionara Pavanatto – RS, arremesso do peso – 14/02/1994
Tamara Alexandrino de Sousa – RJ, 100 m com barreiras – 16/12/1993

Basquete (4 atletas)

Boxe (1 atleta)
David Lourenço da Costa – 69kg – SP – 02/04/1992

Canoagem (1 atleta)
Isaquias dos Santos – C1 Sprint – BA – 03/01/1994

Ciclismo (4 atletas)
Guilherme Pinerua – SC – 15/01/1993
Leandro Miranda – SC – 02/11/1992
Mayara Perez – SP – 19/10/1992
William Alexi – SC – 21/04/192

Esgrima (1 atleta)
Guilherme Melaragno (Espada) – SP – 08/09/1993

Ginástica artística (2 atletas)
Feminino
Harumi Maruki Freitas, de 14 anos – Curitiba (PR) – 24/06/1995

Masculino
Arthur Nory Oyakawa Mariano, de 16 anos – Campinas (SP) – 18/09/1993

Ginástica Trampolim feminino (1 atleta)
Daienne Cardoso Lima, de 16 anos – Rio de Janeiro (RJ) – 09/06/1993

Handebol (28 atletas)

Masculino

Feminino

Hipismo (1 atleta)
Guilherme Foroni – SP

Judô (2 atletas)
Flávia Gomes -71kg – SP
Henrique Silva -81kg – SP

Natação (8 atletas)

Pedro Antonio Domingos – 50m borboleta – MG – 11/06/1992
Pedro Henrique Lopes de Souza – 200m livre – DF – 23/11/1992
Victor Rodrigues – 200m livre – MG – 04/03/1993
Vinicius Borges – 50m costas – SP – 17/02/1992

Alessandra Christine Marchioro – 50m costas – PR – 13/051993
Bruna Caroline Rocha – 50m borboleta – SP – 05/05/1993
Carolina Bergamaschi – 50m livre – PR – 16/05/1994
Julia Gerotto – 200m borboleta – SP – 19/09/1993

Pentatlo Moderno (1 atleta)
William Muinhos – RJ – 02/08/1993

Remo (1 atleta)
Tiago Ribeiro Braga

Saltos Ornamentais (1 atleta)
Pedro de Amorim Abreu – Plataforma 10m – RJ

Tênis (1 atleta)
Tiago Fernandes – AL – 29/01/1993

Tênis de mesa (2 atletas)
Eric Jouti – SP – 26/04/1994
Caroline Kumahara – SP – 27/07/1995

Tiro com arco (1 atleta)
Brunna Araujo – 70m – MG – 06/12/1992

Tiro esportivo (1 atleta)
Felipe Wu (Pistola de ar 10m 60 tiros) – SP – 06/11/1992

Triatlo (1 atleta)
Iuri Venuto – CE – 04/10/1992

Vela (3 atletas)
Alexander Elstrodt – Classe Byte CII Masculino – SP – 12/11/1994
Cláudia Mazzaferro – Classe Byte CII Feminino – SP – 13/10/1995
Wendy Soares – Classe BIC Feminino (prancha a vela) – RJ

TOTAL: 80

Fonte: Site do COB

Saudações Olímpicas

Sebástian Pereira

Brasil pronto para o Pan-Americano Cadete de Luta Olímpica!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Na última terça, 13, Manaus recebeu atletas, com idades entre 15 e 17 anos, de cinco estados para o Campeonato Brasileiro Cadete de Luta Olímpica. A competição nacional valeu para formar a Seleção Brasileira que disputará o Campeonato Pan-Americano Cadete que começa a partir de amanha, 15, também em Manaus. SP será o estado com o maior número de vagas, 8 no total, seguido por RJ e AM com 7, MG com 3 e CE uma vaga. Foram confirmadas inscrições de atletas dos EUA, Canadá, México, Peru, El Salvador, Honduras e Equador. “A competição tem tudo para arrebentar. Temos chance de medalhas em várias categorias e esperamos uma excelente participação de nossos atletas”, avalia Roberto Leitão, Superintendente da CBLA. Confira os atletas que representarão o país no Pan Cadete de Manaus:
Greco Romano:
46 Kg – Luís Pinto (SP)
50 Kg – Hallaf Paes (MG)
54 Kg – Ricardo Masala (RJ)
58 Kg – Vinícius Sousa (RJ)
63 Kg – Bruno Martins (SP)
69 Kg – Daniel Ferreira (SP)
76 Kg – Pedro Rocha (RJ)
100 Kg – Ramilo Paz (SP)
Estilo Livre:
46 Kg – Luís Pinto (SP)
50 Kg – Hallaf Paes (MG)
54 Kg – Ricardo Masala (RJ)
58 Kg – Rodrigo Falabella (AM)
63 Kg – Lucas Aniceto (SP)
69 Kg – Richard Moura (MG)
76 Kg – Pedro Rocha (RJ)
85 Kg – Reinaldo Mikahakene (AM)
100 Kg – Victor Honório (RJ)
Luta Feminina
38 Kg – Jessica Santos (RJ)
40 Kg – Kellen Carvalho (AM)
43 Kg – Hortencia Alencar (AM)
46 Kg – Priscila Firmino (SP)
49 Kg – Camila Botelho (AM)
52 Kg – Hadassa Nascimento (CE)
56 Kg – Beatriz Pinheiro (RJ)
60 Kg – Cassia Pantoja (AM)
65 Kg – Jaqueline Amorim (AM)
70 Kg – Daniele Brandão (SP)

Fonte: Site da CBLA

Saudações Olímpicas

Sebástian Pereira

Atletas brasileiros participam de preparação inédita para os Jogos Olímpicos da Juventude!

sábado, 10 de julho de 2010

Os Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010 estão chegando e a preparação dos atletas brasileiros não para.

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB), através do Programa de Preparação de Atletas para Jogos Olímpicos da Juventude da Solidariedade Olímpica do Comitê Olímpico Internacional (COI), viabilizou a realização de projetos das Confederações Brasileiras para estágios de treinamento e/ou participação em competições visando o melhor rendimento dos atletas qualificados para a primeira edição do evento em padrão olímpico para jovens.

A Superintendência Executiva de Esportes do COB, em ação conjunta das áreas de Desenvolvimento e Alto Rendimento, analisaram os projetos respeitando as especificidades de cada modalidade e buscando atender as necessidades dos atletas e técnicos para esta fase preparatória prévia aos jogos.

Entre junho e agosto, 20 atletas de nove modalidades (natação, tiro esportivo, judô, tiro com arco, ginástica artística, vela, boxe, basquete e canoagem) acompanhados de seus técnicos participarão da última fase de treinamentos antes dos Jogos de Cingapura 2010, que serão realizados entre os dias 10 e 26 de agosto.

Flávia Gomes (foto), campeã mundial na categoria Sub-17 no judô, fará sua preparação no Torneio Internacional em Praga, na República Tcheca. A atleta, de 16 anos, espera uma disputa bastante acirrada nos dois eventos que participará, mas acredita no treinamento que vem fazendo desde sua classificação. “Tanto em Praga, quanto nos Jogos Olímpicos da Juventude, o nível será altíssimo. As atletas vão querer mostrar o seu melhor para conseguir bons resultados, mas com a minha preparação bem feita, vou encará-las com confiança”, disse Flávia, que não vê a hora de chegar a Cingapura.

A Solidariedade Olímpica do COI oferece aos Comitês Olímpicos Nacionais (CONs) do mundo inteiro a oportunidade de apresentar propostas para realização de projetos visando o desenvolvimento esportivo dos CONs.

A Solidariedade Olímpica também apoiará atividades do Instituto Olímpico Brasileiro, referente às áreas de Formação e Ciência do Esporte. Antes de seguir para Cingapura, o Time Brasil fará uma concentração em São Paulo, entre os dias 30 de julho e 1° de agosto, para reunir a delegação, distribuir materiais esportivos e passar orientações em palestras e apresentações educativas.

Fonte: Site do COB

Saudações Olímpicas!

Sebástian Pereira

Luciano Corrêa é ouro no Grand Slam de Moscou!

domingo, 4 de julho de 2010

O campeão mundial Luciano Corrêa (-100kg) conquistou neste domingo a medalha de ouro no Grand Slam de Moscou, etapa do Circuito Mundial da Federação Internacional de Judô e que conta pontos para o ranking mundial e olímpico da modalidade. Brasil encerrou a participação no Grand Slam com três medalhas. Além do ouro de Luciano, o país teve dois bronzes. Flávio Canto ficou com a terceira colocação neste domingo, enquanto Bruno Mendonça (-73kg) também faturou a medalha de bronze no sábado (3).

Com o resultado, o Brasil ficou na quinta colocação no quadro geral de medalhas. O Grand Slam de Moscou contou com a participação de 53 países e 488 judocas.

Em grand slams, a medalha de ouro conta 300 pontos para o ranking, enquanto a prata vale 180 e o bronze 120.

Luciano ficou com ouro ao bater na decisão o russo Tagir Khaybulaev por yuko. Porém, a grande vitória do brasileiro foi na semifinal, quando passou pelo japonês Takamasa Anai, líder do ranking mundial. Na luta de estreia na competição, Luciano Corrêa passou por ippon pelo russo Zafar Makhmadov. Na fase seguinte, mais um ippon, desta vez no ucraniano Artem Bloshenko e nas quartas-de-final venceu Maxim Rakov, do Kazaquistão, que sofreu duas punições.

O bronze de Flávio Canto começou com vitória por yuko sobre Sergiu Toma, da Moldávia. Na segunda luta, o medalhista olímpico em Atenas 2004 venceu por ippon o marroquino Safouane Attaf. Nas quartas-de-final, ippon no italiano Antonio Ciano e, nas semi, derrota por ippon para o sul coreano Dae-Nam Song.

Os demais brasileiros que lutaram neste domingo não chegaram à disputa de medalhas. Rafael Silva (+100kg) venceu na estreia Abubakar Rakhmanov, do Tajikistão, por ippon. Na segunda luta, venceu por yuko o polonês Janusz Wojnarowicz. Nas quartas-de-final, sofreu um ippon do hungaro Barna Bor e terminou na quinta colocação.

Leandro Guilheiro (-81kg) ficou pela primeira vez fora do pódio desde que mudou de categoria em dezembro de 2009. Após vencer o suiço Christoph Keller por yuko, Guilheiro acabou superado no golden score pelo italiano Antonio Ciano por yuko.

Ouro no Grand Slam do Rio, Hugo Pessanha (-90kg) perdeu na estreia para Khurshid Nabiev, do Uzbequistão, por ippon. Leonardo Leite (-100kg) também perdeu na primeira luta para Utkur Kurbanov, do Uzbequistão, por wazari, após sofrer três punições.

No feminino, Mayra Aguiar (-78kg) passou pela mongol Lkhamdegd Purevjargal por ippon, mas acabou derrotada na segunda luta pela japonesa Tomomi Okamura no golden score ao ser penalizada com um shido.

Maria Suelen Althaman (+78kg) começou no Grand Slam de Moscou vencendo a russa Nataly Sokolova por ippon, porém, na fase seguinte, perdeu pela mesma pontuação para a a sul coreana Jung-Eun Lee.

A outra representante do Brasil na categoria pesado foi Aline Puglia (+78kg). A judoca brasileira perdeu na estreia para a holandesa Carola Uilenhoed por wazari.

Helena Romaneli (-70kg) venceu por yuko a israelense Lior Wildikan por yuko, mas na luta seguinte perdeu por ippon para a holandesa Edith Bosch.

RESULTADOS COMPLETOS:

-60 kg
1.        SOBIROV, Rishod    (UZB)   
2.        MOOREN, Jeroen    (NED)   
3.        DASHDAVAA, Amartuvshin    (MGL)   
3.        VERDE, Elio    (ITA)   
5.        CHIMED-YONDON, Boldbaatar    (MGL)   
5.        GALSTYAN, Arsen    (RUS)   
5.        MILOUS, Sofiane    (FRA)   
5.        MUDRANOV, Beslan    (RUS)   
   
-66 kg
1.        MOGUSHKOV, Musa    (RUS)   
2.        KIM, Joo-Jin    (KOR)   
3.        GADANOV, Alim    (RUS)   
3.        UNGVARI, Miklos    (HUN)   
5.        EBINUMA, Masashi    (JPN)   
5.        HASHBAATAR, Tsagaanbaatar    (MGL)   
5.        KARIMOV, Tarlan    (AZE)   
5.        OATES, Colin    (GBR)   
   
-73 kg
1.        DARBELET, Benjamin    (FRA)   
2.        BANG, Gui-Man    (KOR)   
3.        AWANO, Yasuhiro    (JPN)   
3.        MENDONCA, Bruno    (BRA)   
5.        KODZOKOV, Murat    (RUS)   
5.        SOROKA, Volodymyr    (UKR)   
5.        TATALASHVILI, Nugzar    (GEO)   
5.        TRITTON, Nicholas    (CAN)   
     
-81 kg
1.        NIFONTOV, Ivan    (RUS)   
2.        SONG, Dae-Nam    (KOR)   
3.        BISCHOF, Ole    (GER)   
3.        CANTO, Flavio    (BRA)   
5.        BURTON, Euan    (GBR)   
5.        CIANO, Antonio    (ITA)   
5.        MAGOMEDOV, Sirazhudin    (RUS)   
5.        TSIKLAURI, Levan    (GEO)   
   
-90 kg
1.        ONO, Takashi    (JPN)   
2.        NISHIYAMA, Daiki    (JPN)   
3.        BAUZA, Karolis    (LTU)   
3.        CHORIEV, Dilshod    (UZB)   
5.        BUFFET, Romain    (FRA)   
5.        DENISOV, Kirill    (RUS)   
5.        ILIADIS, Ilias    (GRE)   
5.        MILENBERGS, Aigars    (LAT)   
   
-100 kg
1.        CORREA, Luciano    (BRA)   
2.        KHAYBULAEV, Tagir    (RUS)   
3.        ANAI, Takamasa    (JPN)   
3.        FABRE, Thierry    (FRA)   
5.        BIADULIN, Yauhen    (BLR)   
5.        HWANG, Hee-Tae    (KOR)   
5.        RAKOV, Maxim    (KAZ)   
5.        SAMOYLOVICH, Sergey    (RUS)   
   
+100 kg
1.        EL SHEHABY, Islam    (EGY)   
2.        BOR, Barna    (HUN)   
3.        BONDARENKO, Stanislav    (UKR)   
3.        KIM, Soo-Whan    (KOR)   
5.        OKRUASHVILI, Adam    (GEO)   
5.        SILVA, Rafael    (BRA)   
5.        TACHIYAMA, Hiroki    (JPN)   
5.        TANGRIEV, Abdullo    (UZB)   
    
-48 kg
1.        YAMAGISHI, Emi    (JPN)   
2.        CHUNG, Jung-Yeon    (KOR)   
3.        PAYET, Laetitia    (FRA)   
3.        ROSSENEU, Amelie    (BEL)   
5.        BALJINNYAM, Bat-Erdene    (MGL)   
5.        KONDRATYEVA, Nataliya    (RUS)   
5.        LESHCHANKA, Volha    (BLR)   
5.        RUMYANTSEVA, Kristina    (RUS)   
   
-52 kg
1.        NISHIDA, Yuka    (JPN)   
2.        RAMOS, Joana    (POR)   
3.        GOMEZ, Laura    (ESP)   
3.        KUZYUTINA, Natalia    (RUS)   
5.        RICHARD, Marine    (FRA)   
5.        SAMAT, Aynur    (TUR)   
5.        TARANGUL, Romy    (GER)   
5.        ZIMMERMANN, Susi    (GER)   
   
-57 kg
1.        FILZMOSER, Sabrina    (AUT)   
2.        HEIN, Marlen    (GER)   
3.        MONTEIRO, Telma    (POR)   
3.        WAECHTER, Viola    (GER)   
5.        KARAKAS, Hedvig    (HUN)   
5.        MELNIKOVA, Ekaterina    (RUS)   
5.        QUINTAVALLE, Giulia    (ITA)   
5.        ZABLUDINA, Irina    (RUS)   
     
-63 kg
1.        EMANE, Gevrise    (FRA)   
2.        EMDEN, Anicka    (NED)   
3.        MALZAHN, Claudia    (GER)   
3.        YLINEN, Johanna    (FIN)   
5.        AGBEGNENOU, Clarisse    (FRA)   
5.        AHRENS, Claudia    (GER)   
5.        TSEDEVSUREN, Munkhzaya    (MGL)   
5.        XU, Yuhua    (CHN)   
   
-70 kg
1.        MESZAROS, Anett    (HUN)   
2.        BOSCH, Edith    (NED)   
3.        CHOLLET, Mylene    (FRA)   
3.        HWANG, Ye-Sul    (KOR)   
5.        BARBIERI, Erica    (ITA)   
5.        CONWAY, Sally    (GBR)   
5.        MARZOK, Iljana    (GER)   
5.        ROBRA, Juliane    (SUI)   
   
-78 kg
1.        YANG, Xiuli    (CHN)   
2.        TCHEUMEO, Audrey    (FRA)   
3.        JOO, Abigel    (HUN)   
3.        OKAMURA, Tomomi    (JPN)   
5.        ANAI, Sayaka    (JPN)   
5.        COTTON, Amy    (CAN)   
5.        LEBRUN, Celine    (FRA)   
5.        WOLLERT, Heide    (GER)   
   
+78 kg
1.        TSUKADA, Maki    (JPN)   
2.        TACHIMOTO, Megumi    (JPN)   
3.        QIN, Qian    (CHN)   
3.        SADKOWSKA, Urszula    (POL)   
5.        ADLINGTON, Sarah    (GBR)   
5.        BRYANT, Karina    (GBR)   
5.        DONGUZASHVILI, Tea    (RUS)   
5.        LEE, Jung-Eun    (KOR)   

Fonte: Site da CBJ

Parabéns ao Luciano, Flávio, Bruno e ao Rafael! E támbém aos não medalhados!

Saudações Olímpicas!

Sebástian Pereira

Bruno Mendonça é bronze no Grand Slam de Moscou!

domingo, 4 de julho de 2010

O judoca brasileiro Bruno Mendonça conquistou neste sábado (3) a medalha de bronze no Grand Slam de Moscou, etapa do Circuito Mundial da Federação Internacional de Judô e válida para o ranking mundial e olímpico da modalidade. Bruno foi superado na semifinal pelo francês Benjamin Darbelet, vice-campeão olímpico, por ippon. Neste domingo (4) lutam Leandro Guilheiro (-81kg), Flávio Canto (-81kg), Hugo Pessanha (-90kg), Leonardo Leite (-100kg), Luciano Corrêa (-100kg), Rafael Silva (+100kg), Helena Romanelli (-70kg), Mayra Aguiar (-78kg), Aline Puglia (+78kg) e Maria Suelen Althaman (+78kg).

Em grand slams, a medalha de ouro conta 300 pontos para o ranking, enquanto a prata vale 180 e o bronze 120.

Na primeira rodada, Bruno venceu o chinês Hasan Vanlioglu por yuko, depois, outra vitória por yuko, desta vez sobre o mongol Nyam-Ochir Sainjargal. Nas quartas-de-final Bruno passou pelo ucraniano Volodymyr Soroka por ippon.

Os demais brasileiros na competição não chegaram à disputa de medalhas.

Felipe Kitadai (-60kg) venceu por ippon na primeira luta o finlandês Valtteri Jokinen, mas, na fase seguinte, perdeu por yuko para o holandês Joroen Mooren; Leandro Cunha (-66kg) perdeu na estreia para o russo Mikhail Pulyaev por wazari.

Sarah Menezes (-48kg) sofreu um ippon no fim da luta para a mongol Bat-Erdene Baljinnyam em seu primeiro combate, assim como Ketleyn Quadros (-57kg), derrotada pela alemã Marlen Hein; Rafaela Silva (-57kg) também caiu na estreia, por yuko, para a russa Irina Zabludina. Laisa Santana (-63kg) não conseguiu passar pela ucraniana Svitlana Chepurina e perdeu por ippon.

Fonte: Site da CBJ

Saudações Olímpicas

Sebástian Pereira