COB fará trabalho especial com Felipe Wu, medalhista dos Jogos Olímpicos da Juventude no tiro esportivo!

Além do suporte regular a treinamentos e participações em competições, o COB realizará um trabalho específico com o atirador Felipe Wu. Medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010 na prova de pistola 10m, o atleta esteve na última quarta-feira, dia 29, na sede do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para realizar as primeiras sessões de uma avaliação psicológica, denominada pela área de Ciência do Esporte do COB como Trabalho Mental. O paulista de 18 anos é o primeiro atleta da nova geração, que se destacou há um mês nos Jogos da Juventude, contemplado pelo COB para receber este suporte personalizado. O objetivo da entidade é oferecer elementos para estimular o desenvolvimento técnico do atleta.

Felipe fará parte de um seleto grupo de atletas que o COB, em conjunto com as Confederações Brasileiras Olímpicas, enxerga possuir potencial de bons resultados para o esporte nacional. Neste momento, as avaliações estão voltadas para as seletivas do Campeonato das Américas de Tiro Esportivo (CAT), que acontecerão no final de outubro. A competição que será realizada entre os dias 18 e 28 de novembro no Rio de Janeiro, renderá vagas para a modalidade nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Felipe é o primeiro atleta de Cingapura 2010 a realizar esse tipo de atividade em parceria com o COB. Junto com o psicólogo Guilherme Pineschi, que faz parte da equipe do Laboratório Olímpico, ele aprenderá técnicas de relaxamento e visualização da modalidade, entre outras. “Por se tratar de um esporte que exige muita concentração, vamos focar em um primeiro momento no aspecto mental. Depois, iniciaremos o trabalho em outras áreas de atuação, como a fisiologia e a biomecânica. Identificaremos quais os pontos em que ele pode evoluir para oferecer um suporte personalizado ao atleta”, revelou Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo de esportes do COB.

A escolha por Felipe Wu se deu através de uma avaliação técnica do desempenho dos atletas que participaram dos Jogos Olímpicos da Juventude. Segundo a avaliação do COB, outros atletas que se destacaram em Cingapura serão contemplados com este serviço. O trabalho está sendo desenvolvido pela nova gerência de Projeto Especiais da entidade e visa a investir e dar suporte a atletas com potencial para alcançar bons resultados em competições esportivas, culminando com medalhas para o país em Jogos Olímpicos. “Estou muito satisfeito com essa iniciativa do COB. É um reconhecimento do meu resultado em Cingapura. É um trabalho novo para mim e tem tudo para dar certo. Nunca tive essa estrutura, que é fundamental para o desenvolvimento do atleta”, comentou Felipe Wu.

Fonte: Site do COB

Saudações Olímpicas!

Sebástian Pereira

Deixe um comentário