COB libera uso de material de competição das Confederações a partir de 2011!

A partir de 1º de janeiro de 2011, as Confederações Brasileiras Olímpicas estão liberadas para a livre utilização de uniformes de competição em suas respectivas modalidades nos eventos organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro, como os Jogos Olímpicos, Pan-americanos e Sul-americanos, entre outros. Todos os uniformes de competição deverão ser aprovados pela equipe de marketing do Comitê Organizador Rio 2016, responsável pelo cumprimento das regras do Comitê Olímpico Internacional (COI). A informação foi passada às Confederações Brasileiras Olímpicas durante assembléia do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) realizada nesta terça-feira, dia 20, na sede da entidade, no Rio de Janeiro.

“Já há algum tempo vínhamos estudando essa possibilidade. Com isso, as Confederações terão maior poder de negociação junto às marcas de material esportivo, sem prejuízo para o COB. Todos sairão ganhando”, explicou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.

Só serão considerados uniformes de competição aqueles indicados claramente nas regras de jogo das respectivas Federações Internacionais. Com exceção dos uniformes de competição, as demais peças do enxoval da delegação brasileira, tais como uniformes de viagem, de Vila, de desfile e de premiação, continuarão sendo de direito exclusivo do Comitê Olímpico Brasileiro. Todos os contratos firmados com qualquer fabricante terão que ser comunicados ao Comitê Rio 2016, que verificará a correta aplicação das regras do COI.

Nenhum fornecedor de uniformes terá concedido o direito de fazer qualquer associação com os Jogos Olímpicos, Paraolímpicos, os Jogos Rio 2016, com qualquer equipe olímpica, com a cidade do Rio ou ao ano de 2016. O Departamento Jurídico do Comitê Rio 2016 vai preparar um texto legal para que seja incorporado aos contratos entre as Confederações e os fornecedores de seus uniformes de competição.

O presidente do COB afirmou que as Confederações que optarem continuar utilizando o material de competição fornecido pelo COB poderão fazê-lo sem problema algum. “Esta liberação do COB visa a dar às Confederações uma excelente possibilidade de recursos financeiros. Aquelas que não aceitarem esta oferta receberão do Comitê os uniformes de competição”, afirmou Nuzman.

Fonte: Site do COB

Saudações Olímpicas!

Sebástian Pereira

Deixe um comentário